Apresentação


O presente blogue, pretende trazer ao conhecimento dos leitores, a epopeia do ciclismo lusitano desde os primórdios da competição velocipédica.
A colocação dos artigos, não segue uma ordem cronológica ou temática.
Não será publicado mais do que um artigo por dia.
A Redacção
NOTA: O blogue não adopta as normas do designado Acordo Ortográfico.

domingo, 25 de maio de 2014

O Pai do Ciclismo Português

Herbert Dagge

Herbert Dagge é considerado o introdutor do velocipedismo em Portugal. Em 1878, passeia-se já por Lisboa no seu bycicle, uma recente invenção da época. Filho de ingleses, com um papel preponderante na Feitoria do Porto, cedo se interessou pela prática do ciclismo. Organiza excursões e passeios. Fundou a secção velocipédica do Real Ginásio Clube Português, bem como o Real Clube Velocipédico de Portugal, a 5 de Agosto de 1891. Outros nomes, como Diogo de Orey, Eduardo Miching, Jorge Norton, Domingos Bastos, James Mascarenhas, Carlos Bernes e José Bento Pessoa, entre outros, desempenharam igualmente um papel importante no arranque da modalidade em Portugal.

Fonte: "José Bento Pessoa-Biografia", de Romeu Correia (3ª Edição, Casino Figueira)

Sem comentários:

Enviar um comentário