Apresentação


O presente blogue, pretende trazer ao conhecimento dos leitores, a epopeia do ciclismo lusitano desde os primórdios da competição velocipédica.
A colocação dos artigos, não segue uma ordem cronológica ou temática.
Não será publicado mais do que um artigo por dia.
A Redacção
NOTA: O blogue não adopta as normas do designado Acordo Ortográfico.

sábado, 24 de maio de 2014

Origem dos Velocípedes


A origem dos veículos de duas rodas, é atribuída ao francês Sivrac, quando criou os primeiros celeríferos (1), apresentados num festival de Longchamp, dois anos depois de terminada a Revolução Francesa, em 1790, segundo Gil Moreira, conforme escreve na sua obra "A História do Ciclismo Português". Ainda segundo a mesma obra, o Barão de Drais, alemão, cria em 1818 um veículo de duas rodas muito parecido com os primeiros, mas já com direcção, a que se chamaram de draisenes (2), em sua homenagem. Os chamados bycicles, percursores das bicicletas, surgirão por volta de 1861, quando Ernest Michaux introduz nos draisenes os pedais e os crenques. Daí, até aos dias de hoje, toda a evolução técnica se traduz no aperfeiçoamento desses primeiros veículos, pois a estrutura fundamental dos mesmos tinha já sido criada.

Nota: Imagem do livro "A História do Ciclismo Português", de Gil Moreira (Edição do Autor)

Sem comentários:

Enviar um comentário